Rewind

As vezes, somente um abraço é preciso para trazer a tona aquele sentimento que ainda não foi totalmente esquecido. Jurava que tudo havia ficado no passado, mas só precisou de um sorriso para que o seu coração voltasse a bater mais rápido. O orgulho, que antes era prioridade, agora foi deixado de lado, como se nada nunca tivesse mudado. A saudade aperta. Saudade que você nem sabia que existia. Saudade que não deveria existir.

Se vê sorrindo com lembranças. Se pega lembrando de momentos que jurava ter esquecido, que jurava não ter importância. Nunca imaginou se sentir dessa maneira novamente. Não pela mesma pessoa. Não tão rápido. Quer se sentir livre, mas ao mesmo tempo se sente vazia. Não quer voltar a ser dependente de nada nem ninguém. Quer voltar a ser como era antes.

A mão coça com vontade de pegar o telefone e digitar os números que foram decorados muito tempo atras. Vontade de ouvir aquela voz de novo, nem que seja para desligar logo em seguida. Nem que seja só para dizer adeus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: